decartaparacarta featured

Largue suas boias

19:18Ghiovana Christini

(Ler ouvindo: Pra Onde Eu Irei?)


Há alguns meses atrás, enquanto eu meditava na palavra, uma cena veio em minha mente. 
Eu vi algumas pessoas sentadas na beira da praia, molhando apenas os pés com a água que chegava até ali. Algumas, por outro lado, se arriscavam a ir mais longe, mas logo eram derrubadas pelas primeiras ondas. Vi as que ousavam ir ainda mais a fundo, porém, usavam boias nos braços. Essas, quando as ondas chegavam, tentavam mergulhar, mas as boias as impediam e as ondas logo as arrastavam também para a beira da praia novamente.
Fiquei por minutos tentando entender o que isso tudo significava, até compreender: Jesus estava me ensinando sobre profundidade.
Seu amor, era o oceano. As pessoas sentadas na beira da praia, eram as que se contentam com apenas as gotas que lhe são alcançadas pela maré. Os que ousavam entrar, mas eram derrubados pelas ondas, eram aqueles que até queriam conhecer o amor de Deus, mas nas primeiras ondas de dificuldades, deixavam-se voltar para fora dele. Os que queriam ir mais fundo e usavam boias, porém, foi o que mais me chamou atenção. 
Jesus me disse: "Existem pessoas que estão no meu amor e querem me conhecer, mas insistem em levar consigo um escape. Não confiam em mim. Tem medo de se afogar. Querem manter sua segurança. Seus planos "B". Querem usar a força de seus próprios braços para nadar diante das ondas, quando o melhor, é mergulhar através delas."
Mergulhar através delas? - Me perguntei.
Minha mente era preenchida com Suas respostas. E eu apenas absorvia, encantada:
"Quando as ondas vem, você pode tentar resistir a elas, deixando que elas venham ao seu encontro e buscando se equilibrar com suas próprias forças, ou, você pode mergulhar através delas! Mas, aí é que mora o problema: Pessoas com boias não podem mergulhar."
Você já tentou mergulhar segurando uma bola, por exemplo? Demoram poucos segundos até que ela te puxe para a superfície novamente. Nós não podemos mergulhar na vontade de Deus querendo levar as nossas vontades egoístas e carnais junto. Elas nos puxarão para cima. Nós não podemos mergulhar na confiança em Deus insistindo em usar as bóias dos nossos escapes, das nossas defesas, argumentos, conceitos prontos. Eles acabarão fazendo com que voltemos à beira da praia nas primeiras ondas.
Essa semana, passei todos os dias ouvindo uma música incrível que conheci. E ela diz:

"E eu me despedi dos meus pais
E eu queimei minhas carroças
E eu afundei meus barcos no cais

Pra onde eu irei se eu não tenho pra onde voltar?
Só tenho você, Deus..."

Quando Jesus chamou os primeiros discípulos, que eram pescadores, eles se despediram de seus pais, deixaram seus barcos e O seguiram imediatamente. Quando Jesus morreu, entretanto, eles voltaram a pescar, retornando às suas antigas vidas.
Enquanto ouvia esse refrão, Jesus me lembrou dessa história e me disse: "Largue suas boias, afunde seus barcos, e mergulhe no meu amor. Você não precisa ter um plano B. Você não precisa ter pra onde voltar, porque você não vai querer."
Eu entendi. É um caminho sem volta. Quem consegue viver feliz e em paz longe dos pés de Jesus, nunca esteve lá. Quem está, joga fora todo o restante. Afunda os barcos. Queima as carroças. Arranca as boias. 
"O Reino dos céus é como um tesouro escondido num campo. Certo homem, tendo-o encontrado, escondeu-o de novo e, então, cheio de alegria, foi, vendeu tudo o que tinha e comprou aquele campo. Mateus 13:44

Quem não está disposto a confiar, vive sempre na beira da praia. Só encontram tesouros profundos e desconhecidos aqueles que mergulham. Quem se contenta em apenas molhar os pés, só coleciona conchas. 
Deixe que o amor do pai te inunde. 
Eu... te vejo lá no fundo. 

De quem quer abandonar as boias,
Ghiovana Christini

Talvez Você Goste Também

4 comentários

  1. Cada dia um texto mais lindo que o outro. Mas esse é especial falou comigo, ou melhor o que DEUS está dizendo, mas eu não ouço por que perco tempo carregando "as boias". Como o Senhor usa você grandemente, és uma benção!. Graça e Paz.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Posts Populares

Contato