comportamento decartaparacarta

A sujeira nossa de cada dia

17:54Ghiovana Christini



Esses dias estava na casa da minha tia e, enquanto ela varria, pude ouvi-la dizendo: "Limpei essa casa ontem e olha só toda essa sujeira que já acumulou hoje! Não adianta, casa tem que limpar todo dia." Tenho certeza que você já ouviu essa frase inúmeras vezes. Eu também. Mas, naquele dia foi diferente. Jesus adora me ensinar através das coisas mais improváveis do cotidiano. 

"Você é minha casa." - pude ouvi-Lo falando ao meu coração. E a pergunta que automaticamente fiz a mim mesma foi: "Quanta sujeira eu já acumulei em mim hoje?"

Como viver sem nos limpar com a Palavra e Sua presença um dia sequer? Como viver nos lembrando de que precisamos ser purificados apenas ao domingos, sendo que acumulamos sujeira de segunda a segunda?

Você pode ter um momento com Deus hoje. Lavar sua alma. Confessar seus pecados. Arrepender-se. Mas, basta a cada dia o seu mal. O amanhã traz consigo novos lamaçais. E, em poucos minutos, sem vigiar, voltamos ao estado de imundície que estávamos antes, ou, ainda pior.

Acumulamos fofocas. Cobiças. As pequenas "mentirinhas inofensivas". Egoísmos. Inveja. Reclamações. O palavrão que saiu em um segundo ao bater o dedinho na quina da estante. O julgamento ao outro. A idolatria às coisas. O desamor. 

Nosso coração é corruptível e facilmente afundado em lama, quando não bem guardado. 

"Mas eu orei ontem!".  Haja cegueira espiritual que oculte a sujeira embaixo do nosso nariz juntado só nas últimas horas. É o que minha tia disse naquela tarde. É como minha vó me ensinou desde criança, ao dizer que eu devia crescer e me tornar uma "moça caprichosa": Casa, a gente tem que limpar todo dia.

Tem que manter limpo. Tem que conservar o coração puro. Todo dia passa alguém pela nossa vida. Todo dia gente entra e sai. Todo dia somos bombardeados por esse mundo ao qual não pertencemos, mas fomos sujeitos a estar, pelo menos, por enquanto. 

Um dia, enquanto eu meditava, Jesus me trouxe à memória a passagem de Mateus 9:17:

"Não se coloca vinho novo em odres velhos; do contrário, os odres se rompem, o vinho se derrama e os odres se perdem. Coloca-se porém o vinho novo em odres novos e, assim, ambos se conservam."

Uma frase começou a se repetir incessantemente em minha cabeça: "Vinho novo é todo dia. Odre novo é todo dia." Eu não entendia o que aquilo queria dizer, até perceber: Se Deus tem algo novo Dele pra mim todos os dias, eu só poderei usufruir se também estiver pronta para receber todos os dias. 

Meu estado de espírito de ontem não pode receber as bençãos de hoje. Muito menos, o de hoje, estando sujo. Deus quer realizar em nós um processo de santificação que é diário. Deus quer nos surpreender com níveis novos Nele a cada dia, mas, será que nós estamos aptos?

"Mas a vereda dos justos é como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito."
(Provérbios 4:18)

Temos que brilhar a cada dia mais. Temos de confiar que Ele é fiel pra terminar a boa obra que começou em nós (Fp 1:6). 

Tomamos banho e limpamos nosso corpo todos os dias, pois sabemos que nos sujamos com a mesma frequência. Arrumamos o cabelo e nos alimentamos periodicamente, pois sabemos que "saco vazio não para em pé". Mas, e a alma vazia, para? Nos vestimos de roupas limpas e até mesmo novas, sempre que possível. Por que não fazemos o mesmo com o nosso espírito? 

Se eu lhe dissesse que você receberá uma visita ilustre em casa hoje, eu tenho certeza que você sairia correndo fazer uma faxina. Mas, em vez disso, eu te digo: O Criador do Universo escolheu morar em você e te visitar todos os dias... Como você planeja recebê-lo?


De quem busca ser uma casa em ordem,
Ghiovana Christini.



Talvez Você Goste Também

0 comentários

Posts Populares

Contato